Claudia Jeanne Do Nascimento Claudia Jeanne


Pintura 3 Assinantes Usuário desde 2010

Atividade na Artmajeur

14.264 | Visualizações
3 | Assinantes
2 | Rever
1 | Artistas seguidos

Entrar em contato com o artista

Bela Vista De Goiás Goiás, Brasil

Usuário desde 4 de fev. de 2010
Última atualização: 1 de ago. de 2016

Apresentação & Biografia

BIOGRAFIA CLAUDIA JEANNE







Biografias e resumos de carreiras de artistas, atletas, cientistas, bruxos, santos, terroristas, políticos, putas, ou qualquer outro tipo de pessoas que se tornaram ou foram tornadas famosas, normalmente contêm alguns erros e falsas informações que vão sendo tão repetidos, ouvidos e lidos e relidos, que se transformam em quase-verdades indiscutíveis capazes de durar até mais do que a própria permanência da ilustre biografada na Terra.

Espero que este esboço de biografia não contribua para isso e não espalhe nenhuma informação incorreta que possa ser copiada e publicada continuamente por aqueles que têm preguiça de checar a origem dos textos. Sim, mas neste caso eles podem relaxar, eles e todos os outros que por algum motivo estejam lendo isto agora, pois desta vez quem está escrevendo o resumo (!) é a própria sujeito e objeto da narrativa. É claro que nem por isso os erros deixarão completamente de existir, mas vou tentar caprichar na memória e na clareza daquilo que eu quiser (ou me obrigar a) lembrar e esclarecer. O resto os jornalistas competentes e incansáveis podem sempre me ajudar a recordar e divulgar.







Desde criança, tenho vínculos com a arte, minha mãe Maria Ferreira cantora de coral e minha tia Maria das Graças, professora de Educação Artística, foram minhas primeiras influências em relação a arte e as cores. Com minha forma diferente de ver o mundo sempre mais colorido, sempre fiz pinturas e desenhos nos cadernos dos meus amigos, sempre a arte estava ali do meu lado. Aos 13 anos me encantei com desenhos de moda, trabalhei em uma loja de roupas, fazendo desenhos para as pessoas que compravam o tecido. Aconteceu minha primeira Exposição Coletiva no Salão Paroquial de Bela Vista de Goiás, Com o título: “ Aniversário da Cidade”.

Aos 17 anos, o que eu chamo de fase da revolução, radicalizei em minhas pinturas com imensos cogumelos, pegadas e grandes escadas, pintei camisetas radicais para os adolescentes como eu daquela época. Aos 24 anos coordenei oficina pedagógica para crianças especiais, durante 02 anos, trabalhamos com material reciclado, aconteceu minha segunda mostra, (professores e alunos), na Escola de Ensino Especial EMEMAMA, com o título: “ Reeditando o Existente”. Em 1998 resolvi pintar telas feitas em duratex com grandes formatos, fiz uma seqüência de 10 telas com o fto de 3mx1,5m, também fiz 10 telas pequenas, sempre explorando objetos arredondados (influência de meu amigo artista Rogério Faiçal), soltos no meio de muitas cores e movimentos, aconteceu minha primeira vernissage Individual, “ Experimento de Cores” no Shopping Bougainville – ficou por 2 meses a mostra.. Me apaixonei pela argila, fiz anjos e peças abstratas com meu mestre Gabriel, aconteceu meu primeiro movimento, “ Argilizando”, no Espaço das Artes, Expus no Centro Desportivo Os Amarelos, “A

Há 05 anos estou em uma nova fase de meu trabalho, avancei no conclusivo entendimento de que “pensamento...