De volta ao topo


Picasso dizia: O que pensa que é um artista? Um idiota que só tem olhos quando pintor, só ouvidos quando músico, ou apenas uma lira para todos os estados de alma quando poeta, ou só músculos quando lavrador? Pelo contrário! Ele é simultaneamente um ente político que vive constantemente com a consciência dos acontecimentos mundiais destruidores, ardentes ou alegres e que se forma completamente segundo a imagem destes. Como seria possível não ter interesse pelos outros homens e afastar-se numa indiferença de marfim de uma vida que se nos apresenta tão rica? Não, a pintura não foi inventada para decorar casas. Ela é uma arma de ataque e defesa contra o inimigo. QUE A LUZ DOURADA SEJA SEMPRE PRESENTE EM NOSSOS CORAÇÕES

Rocha Maia