317,44 $US
35,55 $US
942 x 710 px
Cette image est disponible pour téléchargement avec une licence
35,55 $US
142,37 $US
296,73 $US

Raul Di Vicencio

O Respiro (2021)

Type d'œuvre
Dimensions
11,8x15,8 in
Techniques
Support ou surface
Toile
Encadrement
Non
Prêt à accrocher
L'œuvre dispose d'un système d'accroche lui permettant d'être fixée sur un mur.
À propos de cette œuvre: Classification, Techniques & Styles Acrylique Peinture utilisant des pigments traditionnels mélangés à des résines synthétiques....
Raul Di Vicencio
Suivre
Nascido no Chile o artista plástico Raul di Vicencio mora e produz arte no Brasil há 40 anos. Atualmente vive no interior de Minas Gerais onde mantem seu ateliê. De estilo clássico contemporâneo usa personagens...

Nascido no Chile o artista plástico Raul di Vicencio mora e produz arte no Brasil há 40 anos. Atualmente vive no interior de Minas Gerais onde mantem seu ateliê. De estilo clássico contemporâneo usa personagens renascentistas e o cotidiano para expressar sua consciência crítica. Pintor e escultor, transforma em arte tudo que passa pelas suas mãos.

                                                                      ...

Uma das principais características que consagram os grandes artistas é sua marca! Aquelas pinceladas dos impressionistas, os volumes de Botero, a geometria da Lygia Clark, o lúdico de Teruz, a imprevisibilidade de Marina Abramovic... uma marca! Daquelas que confirmamos com exatidão a autor ou a inspiração daquela obra. Di Vicencio não tem essa característica!!! Definitivamente não tem e, apesar do ensejo de centenas de familiares, amigos, marchands e galeristas, provavelmente nunca terá, ao menos de forma tão clara e específica. Em 40 anos de carreira já se consagrou com Naturezas Mortas (quando a natureza era mais viva), inovou com obras sobre latas (quando a reciclagem nem era tão valorizada), viajou com heróis pelo pop art (quando Marvel X D.C. era algo exclusivo dos nerds), passeou pelo abstrato, realizou centenas de releituras, causou espanto com seu hiper-realismo, conceitualizou objetos triviais, criticou em telas ou em murais, além de muitas coisas mais e tudo isso sem uma única marca, mas com algo inerente em todas as obras: o talento inquestionável. Pois bem, quando se tem tamanho talento, a essência, por vezes e felizmente, passa preceder a própria existência e, independente até do “si mesmo”, a arte vence. Os desajustes pessoais, as escolhas mal realizadas ou a inquietude profissional são traços que desenham uma existência enferrujada de um artista sob um tecido essencialmente nobre que é a arte! E como o que é nobre não se enferruja, inevitavelmente ele se torna aparente, ainda que... em FRAGMENTOS! Eis, então, os fragmentos de uma carreira! Os sinais de existências de uma estrada de 40 anos que comprovam a essência da arte em meio ao contingente. Obras que resgatam várias das centenas de técnicas e temáticas das obras de Di Vicencio e que, metalinguisticamente, expõem essências nobres que destacaram-se em meio a existências conturbadas, como todas. Fragmentos do que é verdadeiro diante tudo que é oxidável, do que é eterno perante o transitório, do que é ouro em face a lata. Logo, então, surgem a Marilyn, apesar da Marilyn, o Einstein, apesar do Einstein, o Humphrey, apesar do Humphrey, Jobs, apesar de Jobs... a ideia, apesar do homem, a obra, apesar da mente, o símbolo, apesar do veículo... e tudo isso apresentado por Di Vicêncio, apesar do Di Vicêncio, com o talento como sua única marca registrada, marca que agora é visível... nos Fragmentos. 

SADHU ABRAHÃO VICENCIO ANDRADE

Voir plus de Raul Di Vicencio

23,6x31,5 in
Vendu

Artmajeur

Recevez notre lettre d'information pour les amateurs d'art et les collectionneurs