US$ 983,33
US$ 22,36
Entrega para Estados Unidos incluída
Qualidade Museu
Apoiar artistas contemporâneos
US$ 22,36
US$ 31,78
US$ 88,28

Edson C.Grise

ÍNDIO GUARANI. (2021)

Tipo de Obra
Dimensões
27,6x19,7 in
Técnicas
Suporte ou superfície
Tela
Moldura
Não
TITLE: ÍNDIO GUARANI. TECHNIQUE: OIL PAINTING DIMENSIONS: 50 X 70 CM PAINTE INFORMATION: GUARANI INDIAN IN BRAZIL, GUARANI LIVE IN THE BRAZILIAN STATES OF MATO GROSSO DO SUL, SÃO PAULO, PARANÁ, RIO GRANDE DO SUL, RIO DE JANEIRO, ESPÍRITO SANTO, PARÁ, SANTA CATARINA AND TOCANTINS. IN THE COUNTRY ALONE, THERE ARE 57 THOUSAND PEOPLE, ACCORDING TO IBGE (BRAZILIAN INSTITUTE OF GEOGRAPHY AND STATISTICS). THERE ARE ALSO GUARANI INDIANS LIVING IN ARGENTINA, BOLIVIA AND PARAGUAY. MOST GUARANI PEOPLE LIVE...
TITLE: ÍNDIO GUARANI.
TECHNIQUE: OIL PAINTING
DIMENSIONS: 50 X 70 CM
PAINTE INFORMATION:
GUARANI INDIAN
IN BRAZIL, GUARANI LIVE IN THE BRAZILIAN STATES OF MATO GROSSO DO SUL, SÃO PAULO, PARANÁ, RIO GRANDE DO SUL, RIO DE JANEIRO, ESPÍRITO SANTO, PARÁ, SANTA CATARINA AND TOCANTINS. IN THE COUNTRY ALONE, THERE ARE 57 THOUSAND PEOPLE, ACCORDING TO IBGE (BRAZILIAN INSTITUTE OF GEOGRAPHY AND STATISTICS).
THERE ARE ALSO GUARANI INDIANS LIVING IN ARGENTINA, BOLIVIA AND PARAGUAY. MOST GUARANI PEOPLE LIVE IN BOLIVIA, WHERE THERE ARE 78,300 INDIVIDUALS. IN PARAGUAY, THERE ARE 41.2 THOUSAND AND IN ARGENTINA, 6.5 THOUSAND.
GUARANIS ARE DIVIDED INTO KAIOWÁ, MBYA AND ÑADEVA. THEY ARE KNOWN, DEPENDING ON THE LOCATION, AS AVÁ, CHIRIPÁ, KAINGUÁ, MONTESES, BATICOLA, APYTERÉ AND TEMBUKUÁ. THE GROUPS ARE DIFFERENTIATED INTERNALLY BY THE WAY THEY MANIFEST THE CULTURE, THE SOCIAL AND POLITICAL ORGANIZATION, THE LANGUAGE AND, STILL, THE WAY OF PRACTICING RELIGION. GUARANIS ARE COLLECTORS AND HUNTERS. THE PHYSICAL SPACE THEY INHABIT IS CALLED TEKOHA, LAND AND THEY ARE SELF-DETERMINED AS THE EXTENT OF THE LAND ON WHICH THEY STEP.
THE GUARANI LANGUAGE BELONGS TO THE TUPI-GUARANI LINGUISTIC BRANCH, FROM WHICH 21 LANGUAGES ARE DERIVED. THE JESUITS LEARNED THE LANGUAGE TO EVANGELIZE THE NATIVES AND WROTE GRAMMARS ABOUT THE LANGUAGE, ALLOWING ITS DIFFUSION. THIS IS THE MOST WIDELY SPOKEN INDIGENOUS LANGUAGE IN SOUTH AMERICA AND REACHES 60% OF PARAGUAY. THE BORDER SCHOOLS IN MATO GROSSO DO SUL TEACH IT AT SCHOOL.
MORE INFORMATION: TODAMATERIA
THREE ASPECTS OF GUARANI LIFE EXPRESS AN IDENTITY THAT GIVES SPECIFICITY, FORM AND CREATES A "GUARANI WAY OF BEING": A) AVA ÑE'Ë (AVA: MAN, GUARANI PERSON; ÑE'Ë: A WORD THAT IS CONFUSED WITH "SOUL" ) OR SPEECH, LANGUAGE, WHICH DEFINES IDENTITY IN VERBAL COMMUNICATION; B) THE TAMÕI (GRANDFATHER) OR COMMON MYTHICAL ANCESTORS AND C) THE AVA REKO (TEKO: "BEING, STATE OF LIFE, CONDITION, BEING, CUSTOM, LAW, HABIT") OR BEHAVIOR IN SOCIETY, SUSTAINED IN A MYTHICAL AND IDEOLOGICAL ARSENAL. THESE ASPECTS INFORM THE AVA (GUARANI MAN) HOW TO UNDERSTAND THE SITUATIONS EXPERIENCED AND THE WORLD AROUND HIM, PROVIDING GUIDELINES AND REFERENCES FOR HIS SOCIAL CONDUCT (SUSNIK, 1980: 12).
THERE ARE, HOWEVER, BETWEEN THE GUARANI-ÑANDEVA, GUARANI-KAIOWA AND GUARANI-MBYA SUBGROUPS THAT EXIST IN BRAZIL, DIFFERENCES IN LINGUISTIC FORMS, CUSTOMS, RITUAL PRACTICES, POLITICAL AND SOCIAL ORGANIZATION, RELIGIOUS ORIENTATION, AS WELL AS SPECIFIC WAYS OF INTERPRETING THE REALITY EXPERIENCED AND TO INTERACT ACCORDING TO THE SITUATIONS IN ITS HISTORY AND IN ITS PRESENT TIME. THIS SECTION FOCUSES ON INFORMATION ABOUT THE ÑANDEVA AND KAIOWA GROUPS. THERE IS A SPECIFIC SECTION DEDICATED TO THE MBYA.
MORE INFORMATION:


START OF WORK
AFTER SCREEN DESIGN, WITH THE TECHNIQUE OF PLACING SQUARES TO DIMENSION THE REFERENCE IMAGE AND THE DRAWING ON THE SCREEN. I START PAINTING WITH A WELL-DILUTED PAINT LAYER, DETERMINING THE LIMITS BETWEEN THE PAINTING PARTS, AS A CONTRAST, SHADOWS, THIS STAGE IS EQUAL TO SCREEN BURNING, AS SOME ARTIST DOES IT. AS I PERFORM MY WORKS WITH MANY LAYERS, I PAINT DIRECTLY ON TOP OF THE RAW DRAWING, FROM THE BASE LAYER TO THE LAST FINAL LAYER, APPLYING TONE ON TOM UNTIL YOU ACHIEVE THE DESIRED TORNALITY, I NEVER PREPARE THE EXACT COLOR AND I WILL BUILD THE COLOR START AT THE END.

Índio guarani
No Brasil, os guaranis vivem nos estados brasileiros do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pará, Santa Catarina e Tocantins. Somente no País, há 57 mil pessoas, conforme o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
Também há indígenas guaranis vivendo na Argentina, Bolívia e no Paraguai. A maior parte dos guaranis vivem na Bolívia, onde há 78,3 mil indivíduos. No Paraguai, existem 41,2 mil e na Argentina, 6,5 mil.
Os guaranis são divididos em kaiowá, mbya e ñadeva. São conhecidos, dependendo do local, como avá, chiripá, kainguá, monteses, baticola, apyteré e tembukuá. Os grupos são diferenciados internamente pela maneira como manifestam a cultura, a organização social e política, a língua e, ainda, a forma de praticar a religião. Os guaranis são coletores e caçadores. O espaço físico que habitam é denominado tekoha, terra e se autodeterminam como a extensão da terra onde pisam.
O idioma guarani pertence ao tronco linguístico tupi-guarani, de onde derivam 21 línguas.Os jesuítas aprenderam o idioma para evangelizar os nativos e escreveram gramáticas sobre o idioma, permitindo sua difusão. Essa é a língua indígena mais falada na América do Sul e chega a 60% do Paraguai. As escolas sul-mato-grossenses da fronteira o ensinam na escola.
Mais informações: todamateria.
Três aspectos da vida guarani expressam uma identidade que dá especificidade, forma e cria um "modo de ser guarani": a) o ava ñe'ë (ava: homem, pessoa guarani; ñe'ë: palavra que se confunde com "alma") ou fala, linguagem, que define identidade na comunicação verbal; b) o tamõi (avô) ou ancestrais míticos comuns e c) o ava reko (teko: "ser, estado de vida, condição, estar, costume, lei, hábito") ou comportamento em sociedade, sustentado em arsenal mítico e ideológico. Estes aspectos informam ao ava (homem guarani) como entender as situações vividas e o mundo que o cerca, fornecendo pautas e referências para sua conduta social (Susnik, 1980: 12).
Há, contudo, entre os subgrupos guarani-ñandeva, guarani-kaiowa e guarani-mbya existentes no Brasil, diferenças nas formas linguísticas, costumes, práticas rituais, organização política e social, orientação religiosa, assim como formas específicas de interpretar a realidade vivida e de interagir segundo as situações em sua história e em sua atualidade. Esta seção privilegia informações sobre os grupos ñandeva e kaiowa. Há uma seção específica dedicada aos Mbya.
Mais informações:socioambiental

INICIO DO TRABALHO
APÓS DESENHO DA TELA, COM A TÉCNICA DE COLOCAR QUADRADOS PARA DIMENSIONAR TANTO A IMAGEM DE REFERENCIA COMO A DE REALIZAÇAO DO DESENHO NA TELA. INICIO A PINTURA COM UMA CAMADA DE TINTA BEM DILUIDA, DETERMINANDO OS LIMITES ENTRES AS PARTES DA PINTURA, COMO CONTRASTE, SOMBRAS, ESTA ETAPA EQUIVALE A DE QUEIMA DA TELA, COMO ALGUMS ARTISTA O FAZEM. COMO EU REALIZO MEUS TRABALHOS COM MUITAS CAMADAS, EU PINTO DIRETO EM CIMA DO DESENHO CRU, DA CAMADA BASE ATE A ULTIMA CAMADA FINAL, APLICANDO TOM SOBRE TOM ATE ATIGIR A TORNALIDADE DESEJADA, NUNCA PREPARO A COR EXATA E APLICO, VOU CONSTRUINDO A COR DO INICIO AO FIM.
Edson C.Grise
Segue
meu nome é Edson c. grise, sou desenhista técnico de construção civil, tenho nível superior incompleto em engenharia de controle e automação, sou artista autodidata desde minha adolescência, pintando minhas...

meu nome é Edson c. grise, sou desenhista técnico de construção civil, tenho nível superior incompleto em engenharia de controle e automação, sou artista autodidata desde minha adolescência, pintando minhas primeiras telas, em madeira, feitas por meu pai, de la ate o ano atual, sempre venho, pintando e desenvolvendo mais e mais. Gosto muito de pinta como temas: aves, felinos estes dois primeiro adoro muito pinta, também gosto de pinta barcos em geral, flores e retratos.

INICIO DA OBRA:

geralmente utilizo a técnica de quadricula a tela, e a imagem a ser desenhada. buscando um bom desenho na tela a ser pintada. na pintura gosto muito de pinta temas como animais(aves, tigres, gatos etc), flores, retratos, marinhas(barcos, mar etc). aplico o estilo realista de pintura, e as vezes busco o impressionismo pintando minhas obras com a espatula.sou autodidata tanto no desenho livre, como na pintura, apesar de utiliza o realismo nas obras, sempre aplico as minhas telas, técnicas de pinturas dos grandes mestres, utilizo esfumatos , veladuras, etc.

Ver mais de Edson C.Grise

15,8x27,6 in
US$ 383
19,7x27,6 in
US$ 371
9,8x9,8 in
US$ 164,49
15,8x27,6 in
US$ 346,99

Artmajeur

Receba nossa newsletter para amantes e colecionadores de arte